Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Estado atingiu 78,52% de cobertura na 1ª vigência de 2022, acima da meta de 75% estabelecida pelo Governo Federal.

 

 

 

O Tocantins obteve resultados satisfatórios no acompanhamento do Programa Auxílio Brasil na Saúde, programa que substituiu o Bolsa Família. O Estado atingiu 78,52% de cobertura na 1ª vigência de 2022, alcançando a meta estadual pactuada de 75%. Em comparação com os demais estados da região norte, o Tocantins ficou com a melhor cobertura e, em relação às outras unidades da federação, o Estado ficou com a 5ª posição.

As condicionalidades de saúde do Programa visam garantir a oferta das ações básicas, potencializar a melhoria da qualidade de vida das famílias inscritas e contribuir para a sua inclusão social.

Para que as famílias continuem inseridas dentro do Programa Auxílio Brasil é obrigatório o acompanhamento de saúde para as crianças menores de sete anos e às mulheres de 14 a 44 anos e não obrigatório para as mulheres de 07 a 13 anos e acima de 44 anos, conforme o Guia para acompanhamento das condicionalidades do Programa Bolsa Família do Ministério da Cidadania – Brasil 2020.

“Agradecemos aos gestores e profissionais de saúde dos 139 municípios que se empenharam para realizar esse acompanhamento com qualidade, garantindo aos usuários, do Programa Auxilio Brasil, o direito de acesso às ações de saúde. Esperamos que nessa segunda vigência de acompanhamento, que finaliza em 31 de dezembro de 2022, o Estado, juntamente, com todos os municípios possam continuar evoluindo com um desempenho ainda melhor”, enfatizou a diretora de Atenção Primária da Secretaria de Estado da Saúde (SES-TO), Laudecy Alves do Carmo.

 

Mariana Ferreira/Governo do Tocantins

                                                              

Anúncios

Recentes