Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Ação atenderá pacientes com pendência desde o ano de 2017

 

O Governo do Tocantins inicia a partir desta semana, um mutirão para redução do tempo de espera por exames de Tomografia e Ressonância Magnética. A ação deverá beneficiar mais de 700 pacientes, com solicitações pendentes entre 2017 e 2020, que já podem agendar o atendimento.

Segundo a superintendente de Políticas de Atenção à Saúde, da Secretaria de Estado da Saúde (SES-TO), Juliana Veloso, “já regulamos todos os pacientes, mandamos as guias de autorização para as Unidades Básicas de Saúde (UBS), referência de cada um, que deverão agendar o dia e a hora, junto ao prestador do serviço e organizar a ida do paciente para a realização do exame”, afirmou.

Os exames serão realizados pelo Centro de Diagnósticos Tocantins (CDT), nos municípios de Palmas e Araguaína. “Os serviços estarão disponíveis nestas duas localidades, aonde os pacientes da Macro Norte irão para Araguaína e os do Centro-Sul, para Palmas. Vale destacar que toda logística deverá ser realizada pelos municípios solicitantes”, pontuou Juliana.

O titular da SES-TO, Afonso Piva destacou que “esta é mais uma ação da Gestão Estadual para dar agilidade no atendimento aos usuários do Sistema Único de Saúde, em todo o Tocantins. Estamos trabalhando para atender as demandas reprimidas de todas as áreas”, afirmou o gestor.

Os exames

A Tomografia e a Ressonância Magnéticas são utilizadas para explorar através de imagens de alta resolução várias partes do corpo. Geralmente são indicados para auxiliar o diagnóstico de doenças musculares e ósseas, investigar hemorragias e aneurismas, má-formação renal, pancreatite, infecções e para rastrear tumores (tomografia) e para detectar doenças nas articulações, vasos sanguíneos, tórax, crânio, região cervical, medula espinhal, coração e abdome (Ressonância Magnética).

Anúncios

Recentes