Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Percentual considera a aplicação de duas doses, ou dose única, nas pessoas que podem e precisam receber o imunizante.

 

Campanhas de vacinação contra a Covid-19 continuam incentivando a imunização no Tocantins, mas poucas cidades conseguem avançar da forma ideal. Dos 139 municípios do estado, apenas seis atingiram 80% da população vacinada. O quantitativo leva em consideração a aplicação de duas doses ou dose única nas pessoas elegíveis. Quem tem 5 anos ou mais está apto e precisa receber o imunizante.

 

Desde janeiro de 2021,quando a campanha de vacinação foi iniciada,apenas 61,97% da população do estado foi imunizada.

Entre os municípios que mais vacinaram estão cidades pequenas e menos populosas. Tabocão tem mais de 90% da população apta vacinada e Colméia chegou a 87,90%. Já Palmas, Araguaína e Gurupi, as três maiores cidades do estado, não atingiram nem 70% e estão fora do ranking.

O coordenador de imunização de Tabocão, Maurício Nunes, conta que algumas estratégias são seguidas para alcançar um público maior. “O município ajuda bastante, sempre cedendo um carro para a gente vacinar os acamados e o pessoal da zona rural. Com isso está atingindo muito o índice da segunda dose e do reforço”, explicou.

Em Colméia, com o avanço da vacinação, medidas sanitárias foram flexibilizadas. “A gente deixa sempre nos anúncios a importância de quem está com sintomas ou tenha comorbidade, de andar com máscara”, disse o secretário de saúde Vinício Martins.

Cidades com maior percentual de moradores vacinados

 

  • Taboção – 91,72%
  • Colméia – 87,90%
  • Angico – 82,75%
  • Bernardo Sayão – 82,73%
  • Chapada da Areia – 81,36%
  • Porto Nacional – 80,36%

Em Palmas a prefeitura chama atenção dos pais para que não deixem de levar as crianças e adolescentes para completar o ciclo vacinal. Moradora de Palmas, a dona de casa Lucelia Alves comemora a imunização da família. “Aliviada de saber que eu e meu esposo já tomamos a terceira dose. Agora a minha filha tomou a segunda. Falta só a minha bebê de um aninho”, contou.

A médica infectologista Ana Therra afirma que a vacinação está sendo benéfica, mas é necessário manter alguns cuidados para evitar a circulação do vírus e a contaminações em massa.

“Pacientes diagnosticados com a Covid-19 estão evoluindo de uma forma mais branda, de uma forma mais leve. Por isso a importância da vacinação. Ainda é necessário manter alguns cuidados que foram ditos desde o início da pandemia. Ainda é necessário usar a máscara porque ainda temos a circulação do vírus. É importante a higienização das mãos e alguns cuidados para evitar aglomerações”, disse a médica.

Anúncios

Recentes