Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Programação iniciaram na terça-feira, 27 e seguem até quinta-feira, 29 de setembro e visa reforçar as ações de vigilância.

 

 

A Secretaria de Estado da Saúde (SES-TO) em parceria com a Agência de Defesa Agropecuária (ADAPEC) realiza de 27 a 29 de setembro, a Semana Estadual da Raiva Humana e Animal 2022, visando a atualização dos profissionais dos serviços de Saúde, sobre os aspectos clínicos e epidemiológicos, além das ações que são preconizadas para a vigilância, prevenção e controle da raiva em humanos e animais no Estado do Tocantins.

O evento é alusivo ao Dia Mundial Contra a Raiva, comemorado em todo dia 28 de setembro e conta com palestrantes de renome nacional, descrevendo a importância das ações conjuntas envolvendo o cidadão comum e profissionais de saúde, para evitar que novos casos da doença aconteçam no Tocantins.

A assessora de Zoonoses e Animais Peçonhentos da SES-TO, Iza de Oliveira esclarece que “a Semana Estadual da Raiva Humana e Animal é um evento que visa atualizar os profissionais dos órgãos de saúde humana e animal de todo o Estado, quanto à situação epidemiológica da doença, além de reforçar que as ações de vigilância e prevenção da raiva devem ser contínuas e os profissionais devem ficar em alerta para quaisquer situações de risco de transmissão desta doença”, disse.

O último caso da raiva humana no Tocantins ocorreu no ano de 2017, envolvendo uma criança de cinco anos, mas anualmente, são confirmados casos da doença em animais, comprovando assim a presença do vírus rábico e a necessidade de estarmos alertas e prontos para intervir nas situações de risco de transmissão da doença, como por exemplo, agressões de pessoas por animais mamíferos, animais com suspeita da doença ou de espoliações seja em pessoas ou animais por morcegos hematófagos em todo o território.

Histórico da doença em animais

Em amostras coletadas pelas secretarias municipais de saúde, nos últimos anos no Estado, por espécie animal e variante viral, foram registrados os seguintes dados:

2017- Último caso positivo em cão com variante de morcego na cidade de Palmeirante;

2018- Um caso positivo de morcego não hematófago em Palmas;

2019- Dois casos de morcegos não hematófagos em Palmas.

Vale ressaltar que a ADAPEC confirma anualmente casos de raiva em bovinos e equinos, que comprova a necessidade do combate ao vírus rábico e a necessidade de intervenções a fim de evitar o risco de transmissão da doença.

Programação:

Dia 27/09/2022

Raiva Humana: como prevenir e quando suspeitar.

Horário: 15h30

Palestrante: Dr. Wagner Augusto da Costa – Médico do Instituto Pasteur/SP.

Dia 28/09/2022

Situação epidemiológica da Raiva Humana e Animal no Tocantins.

Horário: 15h00

Palestrantes: Iza Alencar Sampaio de Oliveira – SES/TO e Raydleno Mateus Tavares – ADAPEC/TO.

Dia 29/09/2022

Ações de vigilância, prevenção e controle da raiva no Tocantins: serviços de saúde humana e animal: Juntos contra a raiva.

Horário: 15h00

Palestrantes: Iza Alencar Sampaio de Oliveira – SES/TO; Raydleno Mateus Tavares – ADAPEC/TO e Elias Mendes de Sousa Neto – ADAPEC/TO

As palestras estarão disponíveis para acesso através do link: meet.google.com/gea-xriz-jbq e os interessados deverão acessar no dia e horário de cada palestra. Para participar por telefone os interessados devem ligar para (US) +1 337-435-0252 e digitar o PIN: 761 998 343#

Anúncios

Recentes