Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

O serviço é ofertado no Estado desde 2019 e já teve mais de 240 crianças beneficiadas.

 

 

Em quase três anos o Estado do Tocantins já direcionou R$ 7.858.716,02 para a realização de cirurgias cardíacas pediátricas no Hospital Municipal de Araguaína. Por se tratar de procedimentos de alta complexidade, as cirurgias cardíacas são custeadas com recursos estaduais, repassados pela Secretaria de Estado da Saúde (SES-TO), ficando a Prefeitura de Araguaína o custeio da equipe multiprofissional local a partir do contrato firmado com o Instituto Saúde e Cidadania (ISAC).

Desde a abertura do serviço no Tocantins, mais de 240 pacientes foram atendidos pelo Estado, que nos últimos 10 meses pagou o montante de R$ 4.259.296,41. Uma das crianças atendidas é a pequena Clarice, diagnosticada com uma cardiopatia congênita grave e teve todo o suporte do Estado, desde o momento que a sua mãe, Bruna Eduarda Nogueira, descobriu o problema da sua filha com 32 semanas de gestação.

“Descobrimos ainda na gestação, em uma ultrassonografia o problema da minha filha, todo o meu pré-natal foi pelo Sistema Único de Saúde (SUS) e desde a descoberta da cardiopatia da Clarice tivemos todo o suporte da Secretaria de Estado da Saúde para que nossa filha pudesse receber o tratamento necessário e hoje a Clarice está com 11 meses, graças a Deus e ao SUS com todos os profissionais que passaram pela vida da minha filha”, afirmou Bruna Nogueira.

O tratamento de Clarice foi dividido em três etapas e na última semana, ela passou pelo seu segundo procedimento. “A primeira cirurgia da Clarice foi  com quatro dias de vida pela equipe de Araguaína e o Estado precisou trazer uma equipe médico do Estado do Goiás, pela gravidade do caso dela,  o coração dela não foi bem formado pelo lado direito eles falam que ela é uni ventricular, ou seja que ela tem somente um ventrículo do lado direito, a segunda foi realizada agora com quase nove meses. Já estamos a dois meses aqui esperando a recuperação total da Clarice, mas muito confiantes pois sabemos que ela vem recebendo o melhor tratamento que poderia receber”, destacou a mãe.

“O Estado do Tocantins tem trabalhado para que sua população tenha assistência especializada em seu território, sem a necessidade de Tratamento Fora de Domicílio. Temos fortalecido nossa rede, com repasses aos municípios e isso ocorre com vários municípios, os quais já receberam mais de 23 milhões, para cirurgias eletivas e especificamente Araguaína, com mais de quatro milhões, nos últimos 10 meses, para os procedimentos cardíacos pediátricos, com pagamento em dia, mediante apresentação de documentação para faturamento”, destacou, o titular da SES-TO, Afonso Piva.

Em quase três anos o Estado do Tocantins já direcionou R$ 7.858.716,02 para a realização de cirurgias cardíacas pediátricas

Anúncios

Recentes