Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Assinatura do ato foi marcada para 15 de dezembro em Porto Nacional, na região central do estado. Trechos vão passar para a jurisdição federal e compor a BR-010.

 

 

O processo de federalização da TO-020 e TO-050 deve ser finalizado ainda em 2022. A última etapa é a assinatura de um termo entre o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) e a Agência Tocantinense de Transportes e Obras (Ageto). Essa solenidade está marcada para 15 de dezembro em Porto Nacional, na região central do estado.

Em abril deste ano o governo estadual sancionou a lei que autoriza a entrega destes dois trechos para o DNIT, mas restava ainda a assinatura do documento entre o estado e a União.

Após a assinatura, as rodovias serão transferidas ao DNIT e vão compor a BR-010, uma das principais rodovias federais do país.

O governo afirmou que mesmo com a federalização vai concluir a restauração que está sendo realizada nestes trechos, usando os recursos do tesouro estadual.

Veja os trechos:

  • TO-020: trecho de 82 km entre Palmas e Aparecida do Rio Negro;
  • TO-050: trecho de 118 km entre Silvanópolis e Palmas, passando por Porto Nacional;

 

Segundo o governo, os últimos detalhes do processo foram acertados nesta quinta-feira (10) em reunião com o ministro da Infraestrutura, Marcelo Sampaio, em Brasília (DF).

A federalização destas rodovias havia recebido aprovação do DNIT ainda em janeiro de 2020, quando uma portaria foi assinada pelo Ministério da Infraestrutura.

Um fator importante dessa transferência de jurisdição é que a capital será interligada por uma rodovia federal, com a possibilidade de um asfalto de melhor qualidade que o atual.

A lei sancionada pelo governo neste ano prevê que outros cinco trechos poderão ser repassados à União. Só que a federalização destas outras rodovias ainda não foi aprovada pelo Dnit.

Anúncios

Recentes