Compartilhe:

Facebook
Twitter
WhatsApp

 Secretaria lançou o edital de seleção e garantiu o transporte de artesãos e peças.

 

Mais uma vez, o Tocantins é destaque em participação na 15ª edição do Salão do Artesanato – Raízes Brasileiras. O evento, realizado entre 4 e 8 de maio, no Pátio Brasil, em Brasília, gerou a comercialização de quase 4 mil peças e um montante de R$ 121.530,00 aos participantes, que foram selecionados por meio de chamada pública lançada pela Secretaria de Cultura e Turismo do Estado.

O Tocantins é uma referência em artesanato e um dos estados a apoiarem diretamente os artesãos na participação dos eventos realizados Programa do Artesanato Brasileiro (PAB), oferecendo transporte para os participantes e seus produtos. O grupo retorna a Palmas e demais municípios nesta segunda, 9.

“É muito gratificante poder colaborar com a geração de emprego e renda dos artesãos que representam nossa força criativa e cultural”, ressalta o secretário de Cultura e Turismo, Hercy Filho, que visitou o estande no primeiro dia da feira e confirmou a presença do Estado nos próximos eventos, agendados para julho, em Olinda (PE) e setembro, em Fortaleza (CE).

O 15º Salão do Artesanato contou com representantes de 11 municípios. Na categoria entidade representativa, participaram o Centro Cultural Kájre, etnia Krahô (Goiatins), a Associação Dourada (Novo Jardim), a Associação Dianopolina de Artesãos (Dianópolis), a Associação Comunitária dos Artesãos e Pequenos Produtores de Mateiros, a Associação Arte no Fruto (Ananás), e a Casa de Cultura Karajá (Formoso do Araguaia/Ilha do Bananal). Representaram individualmente o artesanato do Tocantins, Vanessa Tkidi Calixto Xerente (Tocantínia), Marcio Belo dos Santos (Porto Nacional), Elisângela Ribeiro Amâncio (Xambioá), Adelsimon Paz de Oliveira (Babaçulândia) e Josias de Souza Menezes (Gurupi).

Anúncios

Recentes