Compartilhe:

Facebook
Twitter
WhatsApp

O acidente aconteceu na cachoeira do Jenipapo, em Babaçulândia, na região norte do Tocantins. Resgate só foi possível porque os militares desviaram o curso do rio.

 

O Corpo de Bombeiros conseguiu localizar na tarde desta segunda-feira (9) o corpo da Maria José Rodrigues, de 36 anos. Ela tinha desaparecido na cachoeira do Jenipapo,em Babaçulândia, na região norte do Tocantins, após subir em uma pedra para tirar uma foto. O resgate só foi possível porque os militares desviaram o curso do rio.

Testemunhas disseram que a mulher tinha escorregado de uma pedra coberta por água e apontaram o lugar exato da queda. O buraco em que vítima desapareceu tem 6 metros de profundidade, muita correnteza e uma queda d’água.

Uma vara ainda foi lançada, mas a vítima não conseguiu segurar, submergiu e não voltou à superfície. As buscas começaram ainda no domingo, quando os bombeiros realizaram a decida no buraco com uso de cordas e escada, mas não encontraram o corpo.

No primeiro momento a força da água e o formato de funil impossibilitaram o mergulho. O corpo só foi retirado nesta segunda-feira (9) depois que os bombeiros montaram uma operação de resgate e desviaram o curso do rio.

A vítima foi encontrada a 70 metros do local em que caiu, a aproximadamente dois metros de profundidade. Após o resgate o Instituto Médico Legal de Araguaína foi chamado para recolher o corpo.

Anúncios

Recentes