Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Crimes ocorreram por dois anos e tiveram início quando a vítima tinha apenas 12 anos.

 

Policiais Civis da 74ª Delegacia de Brejinho de Nazaré, comandados pelo delegado Diogo Fonseca deram cumprimento a mandado de prisão preventiva, em desfavor de um indivíduo de 27 anos, que é suspeito de praticar o crime de estupro de vulnerável, naquela cidade.

De acordo com a autoridade policial, o autor obteve acesso ilegal a imagens íntimas contidas no celular da vítima e a coagia a manter relações sexuais com ele, sob a ameaça de divulgar as imagens nas redes sociais. “Inclusive o autor chegou a criar conta fake em redes sociais com imagens da vítima e fez publicações indevidas a fim de demonstrar sua capacidade de chantagear a vítima”, disse o delegado.

Ainda segundo as investigações, os estupros começaram quando a vítima tinha apenas 12 anos e aconteceram reiteradamente durante dois anos, cessando quando a adolescente atingiu os 14 anos. Sendo assim, foi representada pela prisão preventiva do autor e na manhã desta quinta-feira, 8, os policiais civis da 74ª DP efetuaram a prisão do indivíduo. Em seguida, o homem foi conduzido a Central de Atendimento da Polícia Civil de Porto Nacional, onde foi ratificado o cumprimento da ordem judicial.

Após a realização dos procedimentos legais cabíveis, o homem foi recolhido à Unidade Penal de Porto Nacional, onde ficará à disposição da Justiça. Para o delegado Diogo, a prisão do principal suspeito pelo crime é de extrema relevância, uma vez que trata-se de um fato gravíssimo e que estava sendo praticado contra uma menina, e de uma maneira cruel e egoísta.

“O crime apurado e a consequente prisão do autor, trazem mais tranquilidade à vítima e sua família, pois a adolescente sofreu inúmeros abusos, além de ter sua intimidade exposta nas redes sociais, o que demonstrou total desprezo do suspeito pela privacidade e pela dignidade sexual da vítima. Porém, com a ação da Polícia Civil, o indivíduo agora terá que responder pelos crimes que praticou”, disse o delegado.

 

Homem foi preso na manhã desta quinta-feira, em cumprimento a mandado de prisão preventiva.

Anúncios

Recentes