Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Dezenas de policiais civis e militares participam das ações ostensivas de prevenção a criminalidade em Lagoa da Confusão.

 

 

 

Com o objetivo de transmitir mais segurança à população da cidade de Lagoa da Confusão, bem como reduzir os índices de criminalidade, sobretudo de crimes de homicídios, as forças de segurança do Estado do Tocantins deflagraram na noite desta quarta-feira, 9, mais uma etapa da operação Cidade Blindada, a qual conta com um grande efetivo de policiais civis da 5ª Delegacia Regional de Paraíso do Tocantins, além de policiais militares da 4ª Companhia Independente de Polícia Militar de Lagoa.

De acordo com o delegado-regional, Bruno Baeza, titular da 5ª DRPC, a ação está sendo realizada em todos os bairros, setores e também na região central de Lagoa da Confusão. “Nessa noite temos o objetivo de realizar um trabalho ostensivo que consiste na realização de rondas, abordagens a veículos e pessoas em atitude suspeita, no sentido de mostrar a população da cidade de Lagoa da Confusão que as Forças de Segurança estão atentas e vigilantes para salvaguardar e proteger a toda a comunidade local”, disse o delegado regional.

Contando com um efetivo de dezenas de policiais civis da 5ª DRPC, 58ª Delegacia de Lagoa, 57ª DP de Pium, 59ª DP de Cristalândia, que estão sendo coordenados pelos delegados Bruno Baeza, Pedro Henrique Felix Bernardes e Jeannie Daier, além de policiais militares da 4ª CIPM, Batalhão de Operações Especiais (BOPE), e também militares do Batalhão de Polícia Militar Rodoviário e Divisas (BPMRED), a operação Cidade Blindada está ocorrendo ao longo de toda esta semana na cidade de Lagoa e também objetiva apreender armas de fogo, capturar foragidos da Justiça, veículos objeto de crime, e ainda mapear e identificar locais de maior incidência criminal.

Operação Cidade Blindada

Teve início na última segunda-feira, 7, e já resultou na prisão de um homem foragido da justiça pela prática do crime de homicídio. A captura do foragido da Justiça, pelo crime praticado em 2020, foi realizada por policiais civis da 58º DP, com apoio de agentes da 5ª DRPC. A mencionada operação terá continuidade por toda a semana e visa esclarecer crimes de homicídios que ocorreram nos últimos meses em Lagoa da Confusão.

Na avaliação do delegado-regional Bruno Baeza, os trabalhos policiais das forças de segurança visam tão somente aumentar a sensação de segurança da população local com a identificação de criminosos e a elucidação de inquéritos instaurados em razão de crimes de homicídios. “As forças de segurança do Tocantins estão unidas e trabalhando em conjunto no intuito de garantir a paz e a tranquilidade da comunidade de Lagoa da Confusão. Nesse sentido, estamos realizando esta noite e, nos dias que virão, rondas, patrulhamentos, incursões para identificar e prender pessoas envolvidas com a criminalidade, sobretudo, que praticam crimes dolosos contra a vida”, frisou a autoridade policial.

Rogério de Oliveira/Governo do Tocantins

Anúncios

Recentes