Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

As aulas já tiveram início e a proposta é colaborar para formação de 50 inscritos

 

O tempo de espera chegou. Depois de dois anos parado, o Programa Bombeiro Mirim já está a todo vapor em Gurupi. A ação é de autoria do Corpo de Bombeiros Militar, por meio do 3º Batalhão, que acolhe 50 crianças com idade entre 11 e 14 anos, para instruções com temas relacionados à corporação e também ao cotidiano de outras profissões.

 

O tempo de paralisação se deve à pandemia. Contudo, desde segunda-feira, de manhã e de tarde, as turmas passaram a ter a sede do 3º Batalhão de Bombeiros como endereço a mais para a busca de conhecimentos.

“As crianças estavam bem animadas, um pouco assustadas por adentrar em uma unidade militar, mas com o tempo elas vão se ambientando com a rotina”, explica o major Wellington Moura, comandante do 3º BBM.

 

O Programa Bombeiro Mirim nasceu em 2017, e desde então, já formou mais de 300 crianças. “Prioritariamente, as vagas são para os alunos com famílias beneficiadas pelos programas sociais do Governo Federal e que também sejam das escolas públicas”, explica o comandante.

 

Segundo Moura, semana passada houve aula inaugural com os pais dos beneficiados, destacando os conteúdos que serão repassados durante o curso.

“É importante pra gente ter a volta do Programa, que traz muitas informações para as crianças e elas se tornam multiplicadoras”, assegurou o comandante. “E essa volta traz qualificação para essas crianças e futuramente elas podem, por meio de concurso, se tornar um bombeiro militar e contribuir para a melhoria da nossa comunidade”, completou.

 

Dentro da grade de conteúdos no período do Programa, os próprios bombeiros militares contribuem com a formação, ao ministrar instruções que retratam o dia a dia da carreira militar.

Crédito: Divulgação/CBMTO

Anúncios

Recentes