hora certa.

Ouça agora

Polícia Civil indicia fazendeiro por homicídio culposo no trânsito em Caseara

Testemunha que omitiu informações é indiciada por falso testemunho.

 

 

A Polícia Civil do Tocantins (PC-TO), por intermédio da 54ª Delegacia de Caseara, concluiu nesta sexta-feira, 12, as investigações sobre uma colisão que ocorreu no último dia 28 de março, em uma estrada vicinal na zona rural da cidade e que resultou na morte de um trabalhador rural de 62 anos.

 

Conforme explica o delegado José Lucas Melo, na ocasião, uma caminhonete conduzida por um fazendeiro da região colidiu com a motocicleta, que era guiada pela vítima fatal. “A partir do trabalho investigativo, foi possível comprovar que a colisão se deu em razão de uma manobra indevida do condutor da caminhonete, que invadiu a faixa contrária e atingiu o motociclista”, disse a autoridade policial.

 

Com base nas investigações, o autor, de 54 anos, foi indiciado pelo crime de homicídio culposo na direção de veículo automotor. Durante a investigação, restou demonstrado que uma testemunha faltou com a verdade, omitindo informações. Deste modo, ela foi indiciada pelo crime de falso testemunho majorado.

 

Ainda de acordo com a autoridade policial, a conclusão da investigação é importante, pois trata-se de um caso complexo, mas que foi solucionado em razão do esforço de toda a equipe da delegacia de Caseara. “Importante destacar também o trabalho da perícia técnica realizado pelo perito Igor Galvão Silva, que nos trouxe informações que confirmaram os demais elementos probatórios”, pontuou José Lucas.

 

Com a conclusão do inquérito policial, o procedimento segue para o Ministério Público e para o Poder  Judiciário, que decidirão quais providências legais deverão ser adotadas.

Rogério de Oliveira/Governo do Tocantins

Governo do Estado do Tocantins
Facebook
Twitter
WhatsApp