Compartilhe:

Facebook
Twitter
WhatsApp

Com a ajuda de um celular, eles gravam vídeos e registram as principais ações da escola.

 

 

Segundo o dicionário Oxford, o jornalismo é a “atividade profissional que visa coletar, investigar, analisar e transmitir informações da atualidade”. Este conceito ganhou ainda mais evidência para os estudantes do Centro de Ensino Médio (CEM) Félix Camoa, em Porto Nacional. Graças à eletiva denominada Luz, Câmera e Emoção, do Programa Jovem em Ação, eles aprendem na prática como funciona o universo da profissão.

Com a ajuda de um celular, eles gravam vídeos e registram as principais ações da escola. Tudo é publicado em um perfil criado no instagram. Os trabalhos são orientados pela professora Jacinta Dias Pereira. “A eletiva veio para viabilizar o aprendizado, por meio da linguagem jornalística e expositiva para que os estudantes desenvolvam e reafirmem as competências para o século XXI, evidenciando os princípios do protagonismo juvenil”, afirmou.

Além da internet, as informações da unidade também são expostas em um jornal mural. Uma das pessoas que fazem parte desse processo é a estudante Danyelle Fernandes. Ela diz ter aprendido que na televisão não existem apenas repórteres e cinegrafistas. “A eletiva também me fez sair da minha zona de conforto, fazer novas amizades, ter novos conhecimentos sobre a câmera e a edição, além de ter me ajudado a perder a timidez em frente às câmeras”, pontuou.

O estudante Italo Leonardo Rodrigues Nunes, que está na 1ª série do Ensino Médio, também perdeu o medo de aparecer no vídeo. “Me ajudou com a timidez e a vergonha. Sinto que mudei bastante, pois a eletiva despertou em mim a vontade de estar em frente às câmeras. A sensação de gravar é tão boa quanto ver o vídeo pronto. Foi uma experiência com pessoas que compartilham dos mesmos objetivos, desenvolvendo um trabalho em equipe para entregar um vídeo maravilhoso”, destacou

O programa de eletivas realizado no Félix Camoa trabalha com os mais variados temas, que criam oportunidades para que os estudantes aprendam e explorem atividades dinâmicas. “Durante o primeiro semestre os estudantes se empenharam na produção das matérias para divulgação interna e externa. Foi gratificante para toda a equipe presenciar o desenvolvimento das habilidades dos alunos e o foco na realização do que é proposto”, explicou a diretora da escola, Luzia Lopes de Souza.

 

Willian Alves/Governo do Tocantins

Edição: Lenna Borges/Governo do Tocantins

Revisão Textual: Karleane Rodrigues/Governo do Tocantins

Fotos: Divulgação Seduc/Governo do Tocantins

Anúncios

Recentes