Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Equipamentos são destinados a nove unidades hospitalares geridas pelo Executivo Estadual.

 

Ferramenta eficiente para o aumento da visualização e promover mais segurança durante os procedimentos simples e complexos, os arcos cirúrgicos são essenciais nas unidades hospitalares. Diante disso, a Secretaria Estadual da Saúde (SES-TO) está entregando às unidades hospitalares geridas pelo Executivo Estadual, equipamentos completos.

Os 15 aparelhos estão sendo distribuídos para as seguintes unidades: Hospital Regional de Paraíso (1), Hospital Regional de Araguaína (3), Hospital Regional de Augustinópolis (1), Hospital Regional de Miracema (1), Hospital Regional de Guaraí (1), Hospital Geral de Palmas (4), Hospital Regional de Porto Nacional (2) e Hospital Regional de Gurupi (2).

Os equipamentos foram adquiridos por meio de emendas da Bancada Parlamentar Federal, do Tocantins e com recursos do Ministério da Saúde (MS), totalizando um investimento de mais de R$4 milhões.

Segundo o titular da SES-TO, Afonso Piva de Santana, “investir em equipamentos é garantir que os profissionais tenham melhores condições para desempenharem suas funções dentro dos hospitais. Isso resulta em assistência de qualidade à população, principal preocupação do governador Wanderlei Barbosa”, disse o gestor, acrescentando que “os aparelhos entregues irão fortalecer as unidades do interior do Estado e descentralizarão a realização das cirurgias ortopédicas e eletivas.

 

O diretor técnico do HGP, Luciano Lopes explicou que “o arco cirúrgico é sinônimo de economia dentro de um hospital. Ele fornece imagens em tempo real do quadro clínico do paciente, durante a cirurgia, o que possibilita mais precisão e evita procedimentos de correção ou outros agravos ao paciente atendido. Ao invés de após a cirurgia, ser feito um exame de imagem para constatar o que foi realizado, o arco já possibilita isso, dando mais celeridade ao atendimento ao paciente e economicidade ao serviço de saúde, reduzindo assim tempo e custo”, detalhou.

 

Anúncios

Recentes