Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Equipe da Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Hídricos do Tocantins está em Almas para participar de diversas atividades, incluindo a Agrosudeste.

 

 

A secretária de Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Miyuki Hyashida, acompanhada do diretor de Planejamento e Gestão de Recursos Hídricos da Semarh, Aldo Azevedo, participou, na manhã desta quarta-feira, 06, da primeira Reunião Ordinária de 2022 do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Manuel Alves da Natividade, realizada na Câmara Municipal de Almas, região Sudeste do estado.

Durante a reunião, foram aprovados o pedido de anuência da mineradora Serra Grande para captação de água no Rio Manuel Alves, a ser utilizada no processo de extração mineral. Foi aprovado também o pedido de anuência da empresa Nature Florestal para instalação de uma Central de Geração Hidrelétrica na microbacia do Rio Bagagem. Os membros presentes votaram ainda favoráveis ao Plano de Trabalho, Relatório Anual, Plano de Comunicação e o Plano de Capacitação do comitê.

A secretária reforçou em sua fala a importância do trabalho dos membros do comitê, que é feito de forma voluntária, mas que tem um grande papel na questão da sustentabilidade e na preservação do emprego. “A Organização das Nações Unidas (ONU) pede para preservarmos o meio ambiente, mas também, que produzimos alimentos, de forma sustentável, aliando a preservação com o desenvolvimento econômico, e é isto que estamos procurando fazer, e o papel do comitê é importante neste processo.” reiterou.

O presidente do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Manuel Alves da Natividade, Mario de Sena Filho, agradeceu a presença da secretária na reunião e ressaltou como a Semarh tem sido um braço forte para o trabalho dos comitês do Tocantins. “Para nós é uma honra ter a presença da secretária Miyuki Hyashida aqui na nossa reunião, pois o comitê de bacia é um parlamento das águas no qual a Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Hídricos tem cadeira cativa”, disse.

O apoio do Governo do Tocantins, com a recente assinatura de convênio entre o Estado e o Consórcio Intermunicipal para gestão Compartilhada da Bacia Hidrográfica do Médio Tocantins – CI-Lago, por meio da Semarh, que prevê investimento no valor de R$ 2 milhões para executar serviços de apoio técnico, administrativo, gerencial e financeiro para cinco comitês de bacia, foi ressaltado pelo presidente do CBH do Rio Manuel Alves da Natividade como uma grata satisfação, destacando ainda que, “com isso, o governador está fazendo algo que é muito bom para a gestão dos recursos hídricos, já que os comitês de bacia são braços importantes e de baixo custo”.

Ao final, a secretária fez a entrega simbólica de material gráfico aos membros para reforçar o trabalho comitê.

Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Manuel Alves da Natividade

A área da bacia hidrográfica do rio Manuel Alves da Natividade abrange 11 municípios do Tocantins, impactando a vida de cerca de 100 mil pessoas, como estima o comitê de bacia. Na região, destacam-se atividades ligadas à piscicultura, agropecuária e produção de calcário. Para esses e outros usos dos recursos hídricos, o comitê de bacia é a primeira instância para resolução de conflitos, compreendendo a importância do desenvolvimento econômico da região e garantindo água em quantidade e qualidade para todos.

Agrosudeste

A equipe da Semarh está em Almas para participar da 6ª edição da Feira de Agrotecnologia da Região Sudeste do Tocantins, a Agrosudeste, que acontece até o dia 09 de abril. Nesta edição da feira, além das assinaturas de termos de cooperação técnica entre o Estado e os municípios para desenvolver ações na área ambiental, a Semarh leva informações sobre o Projeto Foco no Fogo, realizando a entrega de materiais relativos às queimadas, além de exibir vídeos das ações que foram executadas em 2021.

Anúncios

Recentes