Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Ação de fiscalização feita por terra e água aconteceu na região do Bico do Papagaio, entre os dias 3 e 8 de maio, abrangendo os cursos d’água nos municípios de Praia Norte e São Sebastião.

 

Com objetivo de coibir a pesca predatória e venda irregular de pescado, o Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins) realizou ação de fiscalização ambiental nos cursos d’água da região do Bico do Papagaio, no extremo Norte do Estado.

A operação foi realizada entre os dias 3 e 8 de maio, abrangendo os municípios de Praia Norte e São Sebastião. Durante a fiscalização realizada por barco, os fiscais ambientais recolheram mais de seis mil metros de redes, três espingardas e duas espécies de quelônios (um matamatá e um tracajá), que estavam presos nas redes.

Durante as abordagens aos ribeirinhos e pescadores profissionais, a equipe de fiscalização do Naturatins orientou sobre a importância da obediência às normas ambientais vigentes, reforçando que são fundamentais para a manutenção das espécies e, consequentemente, para o equilíbrio do meio ambiente. As restrições de pesca, bem como as sanções previstas em caso de descumprimento também foram repassadas pelos fiscais.

Anúncios

Recentes