Compartilhe:

Facebook
Twitter
WhatsApp

Os municípios têm até o dia 17 de fevereiro para retirar a 16ª pauta de distribuição de testes rápidos de antígeno (TR-Ag) da Covid-19.

 

 

 

A Secretaria de Estado da Saúde (SES-TO) oficializou aos municípios a distribuição pelo Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen/TO, da 16ª pauta de distribuição de testes rápidos de antígeno (TR-Ag) da Covid-19, enviada pelo Ministério da Saúde (MS). A ação dará continuidade ao Plano Nacional de Expansão da Testagem para a Covid-19 (PNE-Teste), e os municípios terão até o dia 17 de fevereiro para realizar a retirada em Palmas e Araguaína.

A diretora de Doenças Transmissíveis e Não Transmissíveis da SES-TO, Gisele Luz  explica que, “o quantitativo de testes disponibilizados para cada município baseia-se no número de notificações no período de novembro e dezembro de 2022. Por isso é importante o monitoramento epidemiológico, é imprescindível que todos os TR-Ag (independente do resultado do teste) sejam devidamente registrados nos sistemas oficiais do Ministério da Saúde (e-SUS Notifica), a fim de manter uma série histórica de cada município, o que facilita na definição das estratégias de vigilância”, disse.

O documento enviado ressalta que caso o município não atenda o prazo estimado, os testes serão considerados estoque estadual para atender às possíveis demandas de urgência e emergência de outros municípios. Para retirada, deve-se seguir o fluxo normal, com a apresentação do ofício assinado pelo (a) Secretário (a) Municipal de Saúde com a solicitação.

Circulação viral

A SES-TO também reforça aos gestores municipais de Saúde que mantenham a realização das coletadas para realização do exame RTq-PCR, mesmo havendo disponibilidade de testes rápidos de antígeno. “ Há  necessidade de  realizar o sequenciamento genômico e monitorar as variantes do SARS-CoV-2 no Estado e no país, bem como realizar diagnóstico diferencial de outros vírus respiratórios no Lacen e Centros Nacionais de Influenza”, diz o documento.

As coletas de RT-PCR devem ocorrer nos casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) hospitalizada como em uma parcela dos casos suspeitos de Covid-19, leve ou moderados, com amostras coletadas para realização do exame RTq-PCR, mesmo havendo disponibilidade de testes rápidos de antígeno.

Para mais informações os municípios devem entrar em contato com a Gerência de Doenças Transmissíveis/Área Técnica das Doenças Imunopreveníveis por meio dos telefones (63) 3218-1768 e 9 9978-7932 ou pelo email: covid19areatecnica@gmail.com.

Laiany Alves – Governo do Tocantins

                                                              

Anúncios

Recentes