Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Os itens estavam armazenados em apartamentos de alto padrão.

 

 

Vários eletrodomésticos e eletroportáteis foram recuperados na manhã desta quarta-feira, 19, durante a Operação Frente Fria realizada pelas equipes da 1ª Delegacia de Polícia de Palmas. Os itens foram furtados ao longo dos meses de julho, agosto e setembro e estavam armazenados em dois apartamentos de alto padrão na Capital.

 

As vítimas, um casal que atua como representante comercial de várias marcas de eletrodomésticos e eletroportáteis, procuraram a 1ª DP em agosto deste ano, relatando que estavam sentindo falta de alguns produtos que até então estavam armazenados em seu depósito localizado em uma quadra do Plano Diretor Sul de Palmas.

 

“A partir daí começamos a investigar, chegamos a alguns receptadores que nos indicaram quem seriam as pessoas que estavam comercializando esses objetos de furto. Chegamos então a uma senhora que é amiga do casal e que eles jamais imaginavam que pudesse estar envolvida nesse caso”, relata o delegado titular da 1ª DP, Gustavo Henrique Andrade.

Conforme relatos do casal, a amiga estava passando por dificuldades após um processo de separação e como eles mantêm negócios em Palmas e Roraima e vivem viajando, ofereceram a casa para a amiga morar durante o período que estivessem fora. “O depósito e a casa estão no mesmo terreno, ela ficou hospedada lá em julho e aproveitou a oportunidade para furtar alguns produtos e vender. Os produtos que recuperamos hoje estavam no apartamento da mãe dela na Arse 21 e no apartamento da irmã na região da Praia da Graciosa”, informou a autoridade policial.

 

Foram recuperados oito aparelhos de ar condicionado, dois aspiradores de pó, duas grills elétricas, duas batedeiras, uma chaleira elétrica, dois liquidificadores, duas panelas elétricas, duas fritadeiras, uma pipoqueira, uma escova elétrica, um ventilador, dentre outros objetos.

 

Por não haver flagrante do furto, a autora dos furtos e a mãe dela foram ouvidas e liberadas em seguida. As investigações continuam, pois há suspeita do envolvimento de outras pessoas da mesma família. Os objetos recuperados passarão por perícia e em seguida serão devolvidos aos verdadeiros donos.

Anúncios

Recentes