hora certa.

Ouça agora

Polícia Civil desvenda caso da morte de criança atropelada em Ananás

Atropelamento teria sido causado por outro adolescente de 14 anos que dirigia o carro do pai sem permissão.

 

 

 

 

A Polícia Civil do Tocantins, por meio da 18ª Delegacia de Ananás, desvendou o caso  de um menino de oito anos que morreu ao ser atropelado por um carro quando seguia com colegas para a Exposição Agropecuária  de Ananás, fato ocorrido na madrugada do último dia 13.

Conforme explica o delegado Carlos Eduardo Estrela, logo após o fato, os policiais civis da 18ª DP deram início às investigações e se concentraram na identificação e localização do responsável pelo acontecido. Desse modo, após a realização de diversas diligências, chegou-se à conclusão de que o autor do atropelamento foi um adolescente de 14 anos de idade, o qual dirigia o veículo do pai, sem a autorização deste.

Com base nas investigações, o caso será levado à Justiça, que adotará todas as providências necessárias para a correta sanção dos envolvidos. O veículo guiado pelo menor, no dia dos fatos, também atingiu e feriu gravemente um adolescente de 15 anos, que foi hospitalizado, mas conseguiu sobreviver.

Nesse contexto, a Polícia Civil do Tocantins faz um alerta aos pais ou responsáveis por pessoas menores de idade, no sentido de aumentar a vigilância, bem como monitorar suas ações, para que tragédias como essa não voltem a acontecer.

Crédito -Foto DICOM SSP TO

Rogério de Oliveira/Governo do Tocantins

Facebook
Twitter
WhatsApp