Compartilhe:

Facebook
Twitter
WhatsApp

Ação realizada por policiais civis de três delegacias ocorreu na manhã deste domingo, dia 25.

 

 

Um homem de 23 anos, considerado de extrema periculosidade e suspeito de praticar dois homicídios e uma série de roubos à mão armada no Estado do Maranhão, foi preso pela Polícia Civil do Tocantins (PC-TO), durante ação realizada por policiais civis da 67ª 68ª e 69ª Delegacias, na manhã deste domingo, 25, na cidade de Tocantínia.

Coordenada pelo delegado Clecyws Antônio de Castro Alves, a ação foi deflagrada depois que a autoridade policial recebeu informações da Polícia Civil do Maranhão de que um indivíduo, considerado de extrema periculosidade, estaria na região de Miracema do Tocantins. “De imediato, os policiais as equipes da 67ª e 68ª Delegacias, ambas de Miracema, foram mobilizadas, sendo que por meio das investigações, foi constatado que o homem estava escondido na região de Tocantínia”, explicou o delegado Clecyws.

 Desse modo, os policiais intensificaram as investigações e, na manhã deste domingo, conseguiram localizar o paradeiro do foragido da Justiça do Maranhão e efetuar a prisão dele, em cumprimento a mandado de prisão, expedido pela 2ª Vara Criminal da Comarca de Vitorino Freire.

Naquela cidade, o homem responde por dois roubos à mão armada, praticados nos últimos dias 23 e 24 de agosto do corrente ano. Na ocasião, o foragido juntamente com um comparsa fizeram duas vítimas, sendo que da primeira, subtraíram uma motocicleta no dia 23 e no dia 24, usaram o veículo para praticar novo roubo, quando levaram grande quantidade de joias e dinheiro de outra vítima.

Duplo homicídio

No último dia 7 de agosto, o suspeito preso em Tocantínia, juntamente com alguns comparsas teria chegado a uma fazenda, localizada na zona rural da cidade de Marajá do Sena (MA), onde era realizada uma confraternização e, segundo investigações, teria assassinado duas pessoas, após uma tentativa de roubo mal sucedida. Na oportunidade, o indivíduo teria efetuado disparos de arma de fogo, que atingiram cinco pessoas, causando as mortes de dois homens, de 24 e 68 anos. A partir de então, a Polícia Civil do Maranhão aprofundou as investigações e conseguiu identificar o homem, que então, teria fugido para o Tocantins, onde foi localizado e preso pela Polícia Civil, na manhã de hoje.

Após a realização dos procedimentos legais cabíveis, o foragido foi recolhido à carceragem da Cadeia Pública de Miracema, onde permanecerá à disposição da Justiça do Maranhão, Estado para onde será recambiado a fim de responder pelos roubos e pelo duplo homicídio.

Rogério de Oliveira/Governo do Tocantins

Governo do Estado do Tocantins

Anúncios

Recentes