Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

A 2ª Denarc de Araguaína também apreendeu várias porções de maconha.

 

 

Um homem de 26 anos, que utilizava a própria adega, localizada na cidade de Filadélfia, para praticar tráfico de drogas, foi preso pela Polícia Civil do Tocantins (PC-TO), na tarde desta quarta-feira, 21, por meio de ação realizada pela 2ª Divisão de Repressão a Narcóticos (2ª Denarc de Araguaína).

Coordenada pelo delegado-chefe da unidade especializada, José Anchieta de Menezes Filho, a ação faz parte da operação Hórus, que tem por objetivo combater a prática de ilícitos, sobretudo o tráfico de drogas, nas regiões de divisas entre estados da federação. Conforme apontaram as investigações da Polícia Civil, o indivíduo utilizava o estabelecimento comercial como um disfarce para a prática do tráfico de entorpecentes.

Caixa exclusivo

Ao chegar ao local, os policiais realizaram buscas no interior do estabelecimento e localizaram várias porções de maconha, bem como mais de R$ 300,00, em espécie, dinheiro proveniente da venda de entorpecentes. “Chamou atenção da equipe o fato de que o suspeito mantinha um caixa exclusivo para o recebimento dos valores pagos nas vendas de entorpecentes, no sentido de não misturar com o faturamento dos produtos que vendia na adega”, informou o delegado.

Preso em flagrante por tráfico de drogas, o indivíduo foi conduzido até a Central de Atendimento da Polícia Civil em Araguaína e após a realização dos procedimentos legais cabíveis, encaminhado para a Casa de Prisão Provisória de Araguaína (CPPA), onde permanecerá à disposição do Poder Judiciário.

Anúncios

Recentes