Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Força-tarefa vai se unir aos brigadistas do Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins) e brigadistas de Caseara.

 

 

Desde última terça-feira, 30, militares do Corpo de Bombeiros, brigadistas do Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins) e brigadistas do  município de Caseara, trabalham no combate de um incêndio de grandes proporções que  começou em regiões de fazendas  e se alastrou para dentro do Parque Estadual do Cantão, na região oeste do Estado.

 

Para reforçar o combate, o comando geral do Corpo de Bombeiros designou mais duas equipes de outros quartéis do CBMTO para realizar uma força-tarefa com os demais grupos, para assim conseguir extinguir o fogo.

 

O coordenador-adjunto da Defesa Civil Estadual, tenente-coronel Erisvaldo Alves, explica que a ação integrada faz parte do Comitê do Fogo. “O modelo de trabalho no Tocantins é assim, de integrar instituições e se ajudarem mutuamente quando for solicitado, assim trabalhamos dentro do Comitê do Fogo”, explicou.

 

“O Parque Estadual do Cantão é uma área muito importante para o Estado, já é atendido pelo Naturatins, pela Brigada que faz um trabalho preventivo, e nessa época também faz o combate. Essa semana foi solicitado um apoio da brigada do Naturatins que nos informou que o fogo que veio de fazendas da região teria adentrado na área do parque. E dentro desse cenário o Corpo de Bombeiros enviou de imediato uma equipe para dar apoio, e como ainda estão em combate intenso vai ser reforçado esse grupo com mais duas equipes de outros quartéis do CBMTO, sendo de Porto Nacional e Gurupi, que, somado a brigada do Naturatins que já atua na região e a  brigada do município de Caseara, entendemos que será uma força importante para fazer o controle desse fogo “, complementou o tenente-coronel, Erisvaldo Alves.

 

O Parque encontra-se na região centro-oeste do Estado do Tocantins, a uma distância de 250 km de Palmas, situado ao norte da Ilha do Bananal, grande planície aluvial, limite com o Parque Nacional do Araguaia, formando assim um conjunto de unidades de conservação com mais de 700.000 ha.

 

De acordo com informações do Naturatins, o Parque Estadual do Cantão é considerado uma das áreas protegidas mais importantes da Amazônia legal brasileira. Sua riqueza biológica deve-se ao fato de que o Cantão, formado como um delta pelo rio Araguaia, Javaés e do Côco, apresenta mais de 800 lagos e um ecótono (biomas diferentes) entre o Cerrado e Floresta Amazônica.

 

O Parque detém grande diversidade e algumas espécies ameaçadas de extinção como a onça-pintada, a ariranha, o jacu-de-barriga-castanha e o pirarucu.

Créditos fotos – Divulgação CBMTO

Anúncios

Recentes