Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Paciente que perdeu audição após covid vai voltar a ouvir com implante interno feito pela primeira vez no TO.

 

 

 

A primeira cirurgia de implante coclear do Tocantins foi realizada no Hospital Palmas Medical. No último sábado (1), um paciente de 58 anos foi operado para receber um dispositivo eletrônico dentro do ouvido para estimular o nervo coclear – o nervo da audição. O procedimento é destinado a pacientes com surdez severa ou profunda.

 

O paciente operado perdeu totalmente a audição após ficar internado em UTI por 48 dias com um quadro grave de covid-19. “Ele ouvia perfeitamente antes de ficar internado. Após sair da UTI percebeu que havia perdido completamente a audição”, explica a médica otorrinolaringologista, Liane Sousa Teixeira.

 

O procedimento inédito foi realizado no Centro Cirúrgico do Hospital Palmas Medical. A cirurgia durou cerca de quatro horas e envolveu dois cirurgiões e duas fonoaudiólogas, além de anestesista e outros profissionais.

 

A médica explica que a ativação do aparelho implantado na cóclea – órgão do ouvido interno – só é feita após um mês. “No procedimento nós posicionamos o implante dentro do ouvido, depois disso tem a cicatrização e recuperação do paciente e só depois de 30 dias é que o aparelho é ativado”, explicou a médica.

 

A recuperação, informa ainda a especialista, é feita em casa, com acompanhamento médico, sem necessidade de internação.

 

Implante

O implante estimula as terminações do nervo auditivo dentro da cóclea, transformando as ondas sonoras em estímulos elétricos – função desempenhada pelas células ciliadas da cóclea, que vibram de acordo com o estímulo sonoro

 

Em outras palavras, o aparelho estimula o nervo auditivo, fazendo com que o paciente tenha a percepção sonora, o que possibilita que a pessoa volte a ouvir, trazendo de volta também a qualidade de vida.

Anúncios

Recentes