Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Segundo a prefeitura, novas medidas são possíveis porque a pandemia está perdendo força. Decreto foi publicado no Diário do Município e está valendo.

 

O uso de máscaras voltou a ser flexibilizado pela Prefeitura de Araguaína, no norte do Tocantins, nesta segunda-feira (7). O item deixa de ser obrigatório e passa a ser apenas recomendado em todos os ambientes públicos ou privados. Por meio de decreto, o município também liberou a realização de shows, eventos e o funcionamento do comércio sem restrição de horário. O texto foi publicado no Diário Oficial e está valendo.

 

Esta é a segunda vez, desde o início da pandemia, que o município retira a obrigatoriedade ao uso de máscaras. Na primeira tentativa ,em novembro do ano passado, a medida foi derrubada pela justiça.

Segundo o município, a flexibilização é possível porque a pandemia vem de perdendo força no mundo todo e em Araguaína a queda dos números supera os 99%. A prefeitura afirmou que em 27 de janeiro a quantidade de casos ativos era 2.352 e na última sexta-feira (4) registrou apenas 18.

Outro argumento é que a cidade tem ocupação de apenas de 30% dos leitos de UTI adultos e 7% dos leitos clínicos.

Novas regras

 

  • O uso da máscara não é mais obrigatório e sim recomendado em todos os locais públicos, privados, estabelecimentos comerciais e órgãos públicos. A recomendação também vale para passageiros de táxis, moto táxis, ônibus e outros transportes coletivos.
  • Os bares, restaurantes, cinemas, academias e boates também continuam com ocupação máxima de 70% da capacidade do ambiente, mas não há mais o limite de 100 pessoas.
  • Outra alteração no setor é a liberação do horário de funcionamento, que antes era permitido somente até 2h. Todos os estabelecimentos devem disponibilizar o álcool 70º INPM.
  • Eventos esportivos, artísticos, religiosos, conferências, shows, formaturas, entre outros eventos similares, só poderão ocorrer com autorização prévia da fiscalização municipal e capacidade máxima de 70% do local. Será obrigatória a fixação de placa de ocupação e deverão respeitar outras medidas como o distanciamento e uso do álcool em gel.
  • Fica autorizado à utilização da Via Lago, Parque Cimba, Complexo Beira Lago, praças, academias ao ar livre e similares. Os visitantes deverão observar o distanciamento social.
  • Continua proibido o consumo de bebida alcoólica em todo e qualquer local público comum no município de Araguaína como vias, praças, jardins, parques, entre outros.

 

Araguaína é a segunda cidade mais afetada pela pandemia no Tocantins, acumulando 45.878 casos e 592 mortes. De acordo com o município, 132.969 moradores tomaram ao menos a primeira dose contra a Covid e 107.769 receberam a segunda.

A cobertura vacina da segunda dose é de 78,7% para maiores de 18 e 46,7% para adolescentes entre 12 e 17 anos. Entre as crianças, a primeira dose representa 13,1% do público-alvo.

 

Anúncios

Recentes